Segunda, 23 Outubro 2017 16:51

16º Piraí Fest promove o resgate às raízes culturais e gastronômicas da cidade

Um resgate às raízes e às tradições. O 16º Piraí Fest aconteceu nas praças do centro da cidade neste final de semana e enalteceu com muito brilho e animação as riquezas culturais e gastronômicas do município.

A festa teve início já na quinta-feira, na pré-abertura com a noite gospel. Na sexta-feira (20), a abertura oficial contou com representantes da empresa que promove o evento, a Vezes Três Produção, e da grande parceira, a Prefeitura Municipal de Piraí, entre eles o prefeito Dr. Luiz Antonio, o vice-prefeito Francisco Perota e os secretários envolvidos.

"O nosso tema este ano é focado na família, nas raízes de onde vem nossa cultura e nossa comida. Sem a Família de Piraí, não teríamos o Piraí Fest, são todos que trabalham e fazem esta grande festa. Sem a família, amigos, parceiros e a Prefeitura e vereadores, não conseguiríamos realizar este evento maravilhoso", disse a representante da produtora Vezes Três Sheila Valle. Na ocasião, foram chamadas ainda ao palco as famílias de João Trator e Murilo, funcionários da Prefeitura que sempre trabalhavam na preparação do evento.

No sábado, foi a vez do cantor Dudu Nobre se apresentar na Praça central da cidade. O sambista trouxe um repertório repleto de clássicos e animou o público que cantou e sambou junto. Com exceção do sambista e da Orquestra de Barra Mansa, todos os outros artistas e bandas eram da cidade, favorecendo a Lei Prata da Casa. Para o vocalista e baterista Arthur da banda Metal Madeira, que tocou pela primeira vez no evento, "esta é uma grande iniciativa que deve ser valorizada sempre". A cantora Nana Barcelos também é uma entusiasta da iniciativa. "A música primordial e levanta o astral nesta festa, a ideia da Prata da casa é brilhante e devemos sempre prestigiar os artistas da região porque temos muitos artista de qualidade para todos os gostos", disse.

E as cerca de 10 mil pessoas que estiveram na cidade durante o Piraí Fest puderam conferir um circuito cultural para todas as idades e todos os tipos de música. No domingo, apresentações musicais foram do Jazz às Marchinhas de Carnaval, passando pelo Sertanejo e MPB e ainda a participação do Jongo de Arrozal. Tudo isso acompanhado dos protagonistas já tradicionais da festa: o chopp e as receitas de tilápia.

Os produtos artesanais da Feira dos Artesãos e o Circuito Gastronômico contribuíram para o charme das comemorações. Participante do evento desde o início há 16 anos, a chef e membro da presidência da Associação de chefs, Restaurante Intercontinental e Afins (Acria) Conceição Neroni, destacou a importância do resgate histórico proposto pelo evento. "Foi de uma felicidade o tema, que está em alta em vários eventos e estabelecimentos gastronômicos do Mercosul: a cozinha ancestral, o resgate da cozinha dos nossos avós, da receita de família. E aqui é um espaço maravilhoso, que podemos trabalhar a matéria local em uma experiência única", destacou.

Outros destaques foram o Espaço Família na Praça Santana, com praça de alimentação e recreação, a Tenda da Secretaria Municipal de Ciência e Tecnologia com realidade virtual e atividades interativas e ainda o 1º Passeio Ciclístico Piraí Fest Paladar, que aconteceu na manhã de domingo e levou ciclistas de diversas cidades do estado para um circuito pelo município.

Atividades, programação cultural e culinária para todos os gostos. Moradora de Mangaratiba, Maria Angélica aprovou o 16º Piraí Fest Paladar. "Eu venho todos os anos, há 9 anos. Para mim, não importa o tamanho da festa, mas esse clima agradável, a boa comida e o chopp geladinho. A música também estava muito agradável neste ano, com certeza voltarei no próximo".  

Lido 231 vezes